Nove corretoras indicam ações para junho

Adriana Aguilar      07/06/2013

O Ibovespa encerrou o mês de maio no negativo. Para junho, a situação do mercado doméstico segue preocupante e sem indícios de melhora para a bolsa brasileira no curto prazo. Neste cenário, nove corretoras recomendaram ações para os investidores que aplicam em ações. Os papéis Itaú PN, Vale PNA, Petrobras PN, Anhanguera ON, Gerdau PN estão entre os mais indicados.

“A bolsa brasileira está de fato descontada em relação às demais. Ainda é cedo para vislumbrar um potencial fluxo sólido de capital no mês de junho. A inflação e crescimento não parecem fazer sentido, os resultados corporativos foram insatisfatórios e a intervenção governamental ainda afasta os investidores estrangeiros”, consta no relatório divulgado pela Ativa Corretora. “Os dados do Produto Interno Bruto (PIB) vieram aquém do consenso de mercado”, segundo o relatório da BB Investimentos.

Diante do cenário complexo, a Bradesco Corretora revisou a expectativa para o índice da bolsa brasileira (Ibovespa), em 62.000 até o final do ano. “Os fatores internos serão os mais determinantes para o rumo do Ibovespa”, consta no relatório da Coinvalores Corretora.

Na primeira semana de junho, a agência de risco Standard & Poor’s (S&P), que projetava expansão de 2,5% no PIB do Brasil em 2013, revisou a perspectiva do rating soberano do Brasil em moeda estrangeira de “estável” para “negativa, após a divulgação do fraco crescimento. A perspectiva do rating ainda pode voltar a ser revisado para “estável”, caso iniciativas mais consistentes gerem maior crescimento. Atualmente, a nota da S&P de longo prazo atribuída ao país é “BBB”, considerada grau de investimento.



Carteiras anteriores:

10 corretoras indicam ações para maio de 2013

10 corretoras indicam ações para abril de 2013

Corretoras indicam ações para março de 2013

Corretoras indicam ações para fevereiro de 2013

Corretoras indicam ações para janeiro de 2012

 

Envie por e-mail

 

Deixe um comentário