Quanto o brasileiro paga de imposto na compra de cada produto e serviço?

Adriana Aguilar      08/05/2013

Todos brasileiros pagam impostos, mesmo aqueles que estão isentos do Imposto de Renda das Pessoa Física (IRPF) e do Imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana (IPTU). Basta consumir produtos e serviços para cada pessoa pagar imposto. A partir de junho deste ano, todas as empresas serão obrigadas a mostrar, no cupom fiscal emitido, o imposto cobrado e o valor real do produto. Por exemplo, no preço do arroz, incide a carga tributária de 17,24%. O feijão tem 17,24% de tributo. A carne, 23,99%.

Os Estados Unidos e países da Europa já informam ao consumidor o valor dos impostos separadamente do valor pago pelos produtos e serviços. No Brasil, a discriminação dos impostos nos cupons e notas fiscais foi determinado pela lei 12.741, publicada no final de 2012. Cerca de 1,5 milhão de assinaturas pediam a diferenciação dos tributos nos cupons emitidos. As assinaturas foram recolhidas por meio de um movimento liderado pela Associação Comercial de São Paulo, Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), SESCON e outras 102 entidades.

Segundo informações do IBPT, antes mesmo da data de cumprimento da lei 12.741, as redes de lojas Telhanorte e Riachuelo já estão emitindo o cupom fiscal com o valor dos impostos separadamente do valor pago pelos produtos. Outros já estão prontos para começar a emitir o cupom conforme a lei, como o Grupo Pão de Açúcar e as lojas Renner.

“Ao ver no cupom fiscal com o valor dos impostos separadamente do valor pago pelos produtos, as pessoas vão associar os valores pagos com a boa ou má aplicação dos recursos”, explica o presidente do conselho superior do IBPT, Gilberto Luiz do Amaral.

O Brasil está entre as 30 nações com as maiores cargas tributárias do mundo, se posicionando no último lugar como provedor de serviços públicos de qualidade à população, como saúde, educação, segurança, transporte e outros, segundo dados do IBPT, contidos no “Estudo sobre a Carga Tributária/PIB X IDH”.

Para informar a carga tributária média dos produtos e serviços as empresas podem optar por calcular os impostos ou utilizar as informações oferecidas por uma entidade especializada em cálculos econômicos.

Em ação conjunta, o IBPT, a Associação Comercial de São Paulo, a Associação Brasileira de Automação Comercial (Afrac) e o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) já estão disponibilizando essas informações para as empresas.

Outros textos:

Quanto o brasileiro paga de imposto na compra de cada produto e serviço?

Maioria gostaria de aprender a calcular os juros nas compras a prazo

O peso do cafezinho e da cervejinha no bolso

Estudo mostra a dificuldade dos empreendedores

 

Envie por e-mail

 

Deixe um comentário