Jogo Goumi leva educação financeira às escolas

Adriana Aguilar      16/12/2011

Noções de educação financeira estão sendo passadas para 6 mil crianças e adolescentes, durante as aulas de informática, por meio do jogo online Goumi. Lançado em abril de 2011, o jogo Goumi faz parte do projeto piloto de educação financeira que está em andamento na rede municipal de Uberlândia, em Minas Gerais, e em mais de 70 escolas da rede municipal de Jataí, município situado ao sudoeste do Estado de Goiás. Aproximadamente 60% dos estudantes têm entre 8 e 12 anos.

“O jogo pode ser praticado entre os alunos de uma mesma sala de aula. Soubemos que algumas escolas estão premiando os primeiros colocados da classe, no ranking de pontuação do jogo, para estímulo do empreendedorismo”, afirma o diretor de marketing da empresa Cedro Finances, Samuel Paiva. A Cedro é a responsável pelo suporte do jogo na internet.

O Goumi – tecnicamente um jogo MMO (Massive Multiplayer Online) – é acessado por meio do endereço www.goumi.com.br. Após o preenchimento do cadastro e senha, o adolescente consegue iniciar o jogo, desde que esteja conectado a internet. De abril até hoje, 51 jogadores atuaram simultaneamente no jogo. O sistema consegue suportar até 400 jogadores ao mesmo tempo, afirma o diretor de marketing da Cedro Finances.

Durante a trajetória no Goumi, o jogador tem de economizar os “mics” (moeda do jogo) para alcançar uma posição melhor no ranking e manter-se vivo. A avareza ao extremo não funciona. O jogador tem de comprar itens e acessórios, sempre buscando o equilíbrio financeiro entre alimentação, investimentos e gastos pessoais. Tudo é parecido com a vida real.

Os jogadores adquirem conhecimento e experiência que permitem investir na construção de indústrias, no mercado de ações ou até mesmo efetuar trocas de mercadorias entre os demais participantes.

Há muito jogos parecidos nas redes sociais. No entanto, Samuel Paiva afirma que o diferencial do Goumi é vetar a imprudência, má conduta ou excessos dos participantes, como prejudicar o vizinho, palavras grosseiras, fome e insônia do seu personagem no jogo, desperdício de água e energia, entre outras práticas reprovadas na vida real. “Há comunidades do Goumi no twitter, facebook e Orkut, com sugestões para as dificuldades encontradas no jogo”, diz Paiva.

O lema do jogo Goumi para o participante é poupar, gastar, investir e doar. “Goumi é o nome de uma fruta japonesa, rica em nutrientes para o organismo humano. Da mesma forma, o jogo Goumi é completo para a consciência financeira de crianças, adolescentes e adultos”, explica Samuel Paiva.

Estudantes, orientados por mestres e doutores da Universidade Federal de Uberlândia, levaram mais de cinco anos no desenvolvimento do projeto do jogo de educação financeira, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)

Atualmente, o objetivo da área de jogos da Cedro Finances, que garante o suporte do Goumi na internet, é atingir entre 150 mil e 200 mil usuários do jogo online. Para o alcance da meta, a equipe da Cedro já está trabalhando na versão do jogo na língua inglesa.

Saiba mais:

Chocolate tem o maior imposto entre os alimentos

Bancos públicos oferecem microcrédito para trazer empreendedores ao sistema formal de crédito

Bancos enviam agentes às comunidades

Quanto custa educar o filho?

10 sinais dos consumidores compulsivos

5 armadilhas mentais que devem ser evitadas durante a renegociação da dívida

Classes A e B evitam exposição das dívidas acumuladas em acordos coletivos

Superendividados contam com assistência jurídica gratuita para redução das dívidas

De onde virá o dinheiro para a aposentadoria?

Quando comprar ou alugar…

 

Envie por e-mail

 

Deixe um comentário