É possível acumular dinheiro para aposentadoria sozinha, sem colocar o dinheiro no fundo de previdência?

Adriana Aguilar      11/09/2009

Previdência privada, na prática, significa poupar por um longo prazo. Para isso, é preciso ter disciplina, informação, determinação e, claro, um pouquinho de dinheiro para fazer o depósito todo mês. É preciso estabelecer uma meta de longo prazo: “Todo mês vou guardar R$ 50,00 na caderneta de poupança”.

A quantia reservada sinaliza que você deixou de comprar alguma roupa ou freqüentar um restaurante. É um sacrifício mensal para um benefício pessoal após uma, duas ou três décadas. Quanto mais cedo começar, maior será o valor acumulado no futuro para você ter uma velhice tranqüila.

O desafio de separar todo mês uma determinada quantia para colocá-la na caderneta de poupança, sem mexer neste dinheiro acumulado em hipótese alguma. Necessariamente, o dinheiro não precisa ser colocado em um fundo de previdência. Neste tipo de fundo, quanto menor a quantia acumulada, mais altas são as taxas cobradas.

Segundo cálculos do economista da Souza Barros Corretora, Clodoir Vieira, quem iniciou um depósito mensal de R$ 50,00 na caderneta de poupança em 31 de dezembro de 1994, fez 180 aplicações que somaram R$ 9 mil em agosto deste ano, além do rendimento de R$ 10.332,14. Nos 15 anos de poupança, o total acumulado (aplicações + rendimento) equivale a R$ 19.332,14.
____________________________________________________________
Os profissionais consultados e o blog Gasto Consciente não podem ser responsabilizados pelos prejuízos decorrentes do uso indevido das orientações dadas nas respostas.

Envie sua pergunta para: gastoconsciente@gmail.com

 

Envie por e-mail

 

Deixe um comentário